Notícias

Tecnologia

Smartwatch ou smartband? Conheça as diferenças entre os acessórios para o celular

Aparelhos ajudam a monitorar a saúde e acompanhar exercícios, mas os relógios oferecem recursos mais avançados, como medir pressão arterial e realizar eletrocardiogramas. Guia de Compras: diferenças entre smartband e smartwatch
Juan Silva/g1
Smartwatches (relógios) e smartbands (pulseiras) auxiliam a criar hábitos: cuidar melhor da saúde, acompanhar o sono com maior detalhe, ter um detalhamento aprimorado dos exercícios em casa ou na academia.
🍾 E, com a chegada do ano novo, esses itens tecnológicos podem ajudar a cumprir algumas metas – seja perder peso, entrar em forma ou apenas contar os passos dados todos os dias.
✅Clique aqui para seguir o canal do Guia de Compras do g1 no WhatsApp
SMARTWATCH: g1 testa e compara relógios da Apple, Huawei e Samsung
SMARTBAND: avaliação de 3 modelos da pulseira inteligente
Esses equipamentos também são ótimos complementos ao celular, já que não é preciso tirar o telefone do bolso para ver uma mensagem ou notificação.
Vale notar que autoridades de Saúde e os próprios fabricantes alertam que os dados de monitoramento desses aparelhos não substituem acompanhamento médico.
As principais diferenças entre smartwatch e smartband estão no design e no número de funções oferecidas.
SMARTBANDS: As pulseiras inteligentes são modelos mais básicos (e baratos), com uma tela pequena e recursos de acompanhamento esportivo, com medição de batimentos cardíacos e da oxigenação do sangue.
Exemplo de smartband: tela menor, maior duração da bateria, menos recursos que os relógios
Henrique Martin/g1
Mas não têm GPS integrado nem recursos avançados presentes nos relógios, como eletrocardiograma.
A ausência do GPS faz com que rastrear exercícios ao ar livre, por exemplo, dependa do smartphone estar junto o tempo todo.
Esses dispositivos mostram quanto seu dono esteve ativo durante o dia e acompanham alguns exercícios, como caminhada ou corrida, por exemplo. Eles até avaliam a quantidade de stress, “mandando” dar uma pausa para respirar fundo de tempos em tempos e levantar da cadeira para esticar as pernas.
Por conta dos recursos limitados e da tela menor, a bateria da smartband dura por mais tempo, chegando a quase duas semanas, segundo as estimativas dos fabricantes.
⌚️ SMARTWATCHES: Os relógios conectados têm um visual mais parecido com um modelo convencional e podem funcionar sem um celular por perto, armazenando músicas e até recebendo ligações, dependendo do aparelho.
Outra diferença está nas notificações: nas smartbands, elas são apenas avisos para checar o telefone na maioria dos modelos. Nos smartwatches, dá para responder e interagir com elas.
Smartwatch: tela maior, menos bateria, mais recursos para acompanhamento de exercícios
Henrique Martin/g1
As funções de saúde nos relógios também são mais avançadas, com a capacidade de realizar eletrocardiogramas, medir composição corporal –porcentagem de gordura, massa muscular e água no corpo – e até mesmo monitorar a pressão arterial (requer ajuda de acessórios para calibrar).
O acompanhamento de exercícios é mais completo e alguns modelos permitem medir informações de mais de 100 tipos de atividades.
Mas as baterias podem durar menos: de um a três dias, dependendo do modelo escolhido.
🚴🏼‍♀️ Existe ainda a categoria dos smartwatches esportivos.
Esses produtos são voltados a atletas que querem acompanhar de perto os resultados dos exercícios – seja a rota completa de uma corrida de rua ou uma trilha de mountain bike, checando os picos de frequência cardíaca e avaliando o desempenho por completo ao final.
O diferencial dos smartwatches esportivos fica nos tipos de sensores dos relógios, que são mais sofisticados e fornecem resultados mais precisos que um relógio conectado convencional.
Smartwatch esportivo: maior precisão nos resultados
Henrique Martin/g1
O acabamento também é diferente: como muitos modelos são voltados a atividades externas, a caixa do relógio e o vidro que protege a tela são reforçados.
O Guia de Compras selecionou 10 modelos de relógios e pulseiras inteligentes.
No final de dezembro, as smartbands custavam até R$ 500, e os smartwatches, entre R$ 800 e R$ 9.200. Os valores foram consultados nas principais lojas da internet.
Smartbands
Huawei Band 8
Xiaomi Mi Smart Band 7
Smartwatches
Apple Watch série 9
Motorola Moto Watch 100
Samsung Galaxy Watch 6 Classic 
Xiaomi Redmi Watch 3
Smartwatches esportivos
Apple Watch Ultra 2
Garmin Forerunner 55
Polar Ignite 3
Samsung Galaxy Watch 5 Pro
Esta reportagem foi produzida com total independência editorial por nosso time de jornalistas e colaboradores especializados. Caso o leitor opte por adquirir algum produto a partir de links disponibilizados, a Globo poderá auferir receita por meio de parcerias comerciais. Esclarecemos que a Globo não possui qualquer controle ou responsabilidade acerca da eventual experiência de compra, mesmo que a partir dos links disponibilizados. Questionamentos ou reclamações em relação ao produto adquirido e/ou processo de compra, pagamento e entrega deverão ser direcionados diretamente ao lojista responsável. 
Como escolher um smartwatch

​ 

botão de play

No Ar

SHOW DA TARDE
Produção Eduardo Dj