Notícias

Tecnologia

Golpistas criam vaquinha fake de crianças doentes para obter dinheiro fácil: ‘Conseguiram R$ 35 mil em um mês’

Reportagem do ‘Fantástico’ mostrou que criminosos usavam imagens de crianças reais. Eles chegaram a abrir uma conta bancária no nome da própria mãe para receber o dinheiro. Golpistas criam vaquinha fake de crianças doentes para obter dinheiro fácil: ‘conseguiram R$ 35 mil em um mês’
Em 2022, o casal Madelaine Morigi e Renato descobriu um tumor atrás do olho da filha Nicolly. Sem condições de pagar todo o tratamento, eles resolveram criar uma vaquinha on-line.
O que eles não imaginavam é que golpistas se aproveitariam disso para criar uma vaquinha fake com informações de Nicolly, para obter dinheiro ilícito.
“A gente começou a guardar dinheiro para ajudar nos exames, ressonância e no transporte para levá-la ao médico”, conta Madelaine ao Fantástico. Na campanha, eles conseguiram arrecadar R$ 13 mil – todo o valor foi usado no tratamento da filha.
A cirurgia em Nicolly foi feita em abril de 2023. Mais para frente, outra ressonância havia indicado que o tumor tinha voltado. Madelaine, então, abriu uma nova vaquinha e fez a divulgação nas redes sociais. Logo depois, ela foi chamada de golpista em uma plataforma.
“Eu falei para essa pessoa que me xingou que a menina da foto era minha filha. Ela me mostrou print e link. Quando vi, em um mês, os golpistas tinham conseguido R$ 35 mil na vaquinha falsa da minha filha, conta.
A surpresa foi ainda maior ao receber um telefonema do Rio de Janeiro. Na ligação, Stephani Santos Barbosa havia revelado que o irmão dela, Luiz Antônio dos Santos, e a cunhada, Tainara Ribeiro, estavam aplicando golpe em nome da filha de Madelaine.
Stephani conta que desconfiou dos familiares e passou a investigar Luiz Antônio e Tainara. “Uma vez eu vi a minha cunhada editando foto de uma criança. Eu consegui filmar ela fazendo isso”, revela.
Luiz Antônio dos Santos e esposa Tainara Ribeiro
Reprodução/TV Globo
Luiz Antônio usava a conta da mãe no golpe
Na investigação, foi descoberto que Luiz Antônio usava a conta bancária de Hosana Rodrigues dos Santos, sua própria mãe, para aplicar o golpe.
Hosana disse que, inicialmente, a nora, Tainara, pediu para usar a sua conta para receber dinheiro da família que vive no Rio Grande do Sul.
“Eu não tenho nada a ver com isso. Eu fui usada como muitos ali estão sendo usados por eles”, disse Hosana.
Hosana Rodrigues dos Santos, mãe de Luiz Antônio dos Santos
Reprodução/TV Globo
Ela lembra que a nora e o filho tiraram uma foto dela, com a desculpa de que o reconhecimento facial era necessário para desbloquear um cartão. Segundo ela, foi assim que eles conseguiram abrir uma conta nova para receber dinheiro dos golpes.
Alertada por Stephani, Hosana diz que denunciou o casal na polícia. O Fantástico apurou que em pelo menos cinco estados já foram registrados boletins de ocorrência que envolvem perfis falsos de Tainara.
o
Outros casos
A reportagem também mostrou outro caso semelhante. Em Gravataí (RS), Winnie dos Santos e a família abriram uma vaquinha on-line para a filhinha Agnes, que precisava de um respirador mecânico, que custava cerca de R$ 100 mil.
Um ano depois, Winnie descobriu que as informações de sua filha estavam sendo usadas em golpe. “O perfil oficial dela se chama ‘Agnes Bueno’. A conta dos golpistas estava como ‘Ajude Ágata'”, contou a mãe.
A Polícia do Rio Grande do Sul não deu informações do caso ao Fantástico.
Nesta semana, os golpistas foram chamados para depor na delegacia. Tainara e Luís Antônio foram indiciados pelo crime de estelionato.
Por nota, a defesa deles informou que seus clientes já prestaram depoimento na polícia e que não irá comentar o indiciamento do casal. O advogado também não quis falar sobre os demais casos registrados em outros estados.
Para Ronaldo Lemos, advogado e especialista em tecnologia, essas campanhas falsas são crimes de estelionato e de falsa identidade. “Esse tipo de golpe tem um efeito horroroso de desincentivar as pessoas a serem solidárias”, diz.
“É importante que a pessoa que descobrir esses golpes faça um boletim de ocorrência. Se houver uma delegacia de crimes cibernéticos, procure essa delegacia”, orienta.
LEIA TAMBÉM:
PIX copia e cola, falsa central telefônica e mais: os golpes virtuais que marcaram 2023
‘Subway Money’: golpistas criam deepfakes de famosos para prometer dinheiro em jogo falso
O que é deepfake e como ele é usado para distorcer realidade
Ouça os podcasts do Fantástico
ISSO É FANTÁSTICO
O podcast Isso É Fantástico está disponível no g1, Globoplay, Deezer, Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts e Amazon Music trazendo grandes reportagens, investigações e histórias fascinantes em podcast com o selo de jornalismo do Fantástico: profundidade, contexto e informação. Siga, curta ou assine o Isso É Fantástico no seu tocador de podcasts favorito. Todo domingo tem um episódio novo.
PRAZER, RENATA
O podcast ‘Prazer, Renata’ está disponível no g1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, assine e curta o ‘Prazer, Renata’ na sua plataforma preferida.
BICHOS NA ESCUTA
O podcast ‘Bichos Na Escuta’ está disponível no g1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito.

​