Notícias

Tecnologia

‘Carro voador’: veja projetos de eVTOLs que podem ganhar os céus nos próximos anos

Aeronaves que lembram helicópteros têm recebido investimentos de várias empresas. Empresa da Embraer investe na criação de um eVTOL, e as companhias aéreas Azul e Gol encomendaram veículos de outras empresas. Conceito do eVTOL da Eve, subsidiária da Embraer
Divulgação/Eve
Um novo tipo de aeronave tem recebido investimentos de várias empresas e poderá se tornar comum em grandes cidades nos próximos anos: é o chamado eVTOL (sigla em inglês para veículo elétrico de pouso e decolagem vertical).
Os eVTOLs, também chamados de “carros voadores” e “drones de passageiros”, deverão ser usados em viagens rápidas dentro de uma cidade ou entre cidades vizinhas. A ideia é que eles possam ser alternativas para fugir do trânsito nas ruas.
Essas aeronaves lembram helicópteros, mas fazem menos barulho e usam mais hélices para voar. Além disso, como não usam querosene de aviação, elas permitem reduzir a emissão de gases poluentes.
No Brasil, a Embraer é uma das empresas que trabalha na criação de um eVTOL, por meio de sua subsidiária Eve. As companhias aéreas Azul e Gol também fizeram encomendas por unidades fabricadas por outras empresas. Veja abaixo alguns projetos de “carros voadores” em andamento.
Joby Aviation
💺 Capacidade: 4 passageiros + 1 piloto
🚁 Autonomia: 160 quilômetros
🏃Velocidade máxima: 320 km/h
A Joby Aviation fez em novembro o primeiro voo de um eVTOL em Nova York, nos Estados Unidos. A empresa já produziu uma aeronave para a Força Aérea dos EUA e deve entregar a segunda unidade em 2024, mas os voos comerciais só devem começar em 2025.
Nova York realiza primeiros testes com “carros voadores”
Volocity (Volocopter)
💺 Capacidade: 1 passageiro + 1 piloto
🚁 Autonomia: 35 quilômetros
🏃Velocidade máxima: 110 km/h
A alemã Volocopter também fez um voo de teste em Nova York com seu modelo Volocity. O objetivo da empresa é ter autorização para realizar voos comerciais já em 2024. Um dos locais planejados é Paris, durante os Jogos Olímpicos.
‘Carro voador’ que será usado nos Jogos Olímpicos de Paris 2024 faz primeiro voo teste
Lilium Jet (Lilium)
💺 Capacidade: 6 passageiros + 1 piloto
🚁 Autonomia: 250 quilômetros
🏃Velocidade máxima: 250 km/h
Outra empresa alemã, a Lilium espera que suas aeronaves estejam em operação comercial em 2024. A fabricante também tem um acordo para venda de 220 unidades para a companhia aérea Azul, que planeja usar usá-las a partir de 2025.
Lilium Jet
Reprodução/Lilium
Eve (Embraer)
💺 Capacidade: 4 passageiros + 1 piloto (ou 6 passageiros em voos sem piloto)
Subsidiária da Embraer, a Eve não revela qual deverá ser a velocidade máxima e a autonomia de seu eVTOL. A empresa vai fabricar o veículo em Taubaté, no interior de São Paulo, e planeja começar sua operação comercial em 2026.
Embraer e Eve anunciam primeira fábrica de “carro voador”
Gênesis-X1 (Vertical Connect)
💺 Capacidade: 2 passageiros
🚁 Autonomia: 1 hora de voo
🏃 Velocidade máxima: 130 km/h
A aeronave Gênesis-X1 é fabricado pela brasileira Vertical Connect, que tem escritório em São Paulo. A empresa planeja levar em 2024 o primeiro modelo de seu eVTOL para o Ceará, onde tem uma parceria institucional com o governo estadual.
Modelo de carro voador está em fase de desenvolvimento no Ceará
VX4 (Vertical Aerospace)
💺 Capacidade: 4 passageiros + 1 piloto
🚁 Autonomia: 160 quilômetros
🏃 Velocidade máxima: 241 km/h
O eVTOL da Vertical Aerospace levantou voo pela primeira vez em 2022, ao ficar a 1,5 m do chão. A empresa recebeu uma encomenda de 250 unidades para a companhia aérea Gol, que planeja usá-la no Brasil a partir de 2025.
‘Carro voador’ encomendado pela Gol voa pela primeira vez
One (Jetson Aero)
💺 Capacidade: 1 passageiros
🚁 Autonomia: 20 minutos de voo
🏃 Velocidade máxima: 102 km/h
A empresa sueca Jerson Aero criou uma aeronave bem menor do que a de suas concorrentes, com espaço para só um passageiro. Batizado de One, o modelo é voltado para uso recreativo, ou seja, não será usado em deslocamentos.
‘Kart voador’? Conheça modelo elétrico de R$ 520.00 que já foi comprado por brasileiro
Aska A5
💺 Capacidade: 4 passageiros
🚁 Autonomia: 402 quilômetros
🏃 Velocidade máxima: 241 km/h
A fabricante do Aska A5 diz que ele tem o tamanho de um carro SUV e é o primeiro capaz de ser usado nas ruas (ao recolher as asas) ou no céu. Previsto para ser entregue em 2026, a aeronave já está em pré-venda para clientes particulares e custará US$ 789 mil (cerca de R$ 3,9 milhões).
‘Carro voador’ da empresa Aska
Divulgação/Aska
X2 (XPeng AeroHT)
💺 Capacidade: 2 passageiros
🚁 Autonomia: 35 minutos de voo
🏃 Velocidade máxima: 130 km/h
O X2 tem quatro baterias independentes, o que lhe permite continuar o voo mesmo se uma delas falhar, e é capaz de acionar um paraquedas em caso de emergência. O modelo fez seu primeiro voo público em 2022.
Conheça o X2, ‘carro voador’ chinês que fez primeiro voo de testes
Supernal (Hyundai)
💺 Capacidade: 4 passageiros + 1 piloto
A montadora Hyundai está trabalhando em um eVTOL por meio de sua subsidiária Supernal. A empresa apresentou um protótipo da aeronave e pretende receber a certificação para uso comercial nos Estados Unidos a partir de 2028.
Hyundai divulga projeto de ‘carro voador’ para viagens urbanas em 2028
As diferenças entre helicóptero, eVTOL e avião elétrico
Daniel Ivanaskas/Arte g1

​ 

botão de play

No Ar

SHOW DA TARDE
Produção Eduardo Dj