Notícias

Região dos Lagos

Duas mulheres são presas em flagrante após injúria racial contra operadora de caixa em farmácia de Araruama, RJ

O caso ocorreu por volta de 9h da manhã deste sábado (6) em uma farmácia no centro da cidade. A Guarda Civil de Araruama participou da ação. Na manhã deste sábado (6), duas mulheres foram presas em flagrante após cometerem injúria racial contra uma operadora de caixa em uma farmácia no centro de Araruama, na Região dos Lagos do Rio. A Guarda Civil de Araruama participou da ação e informou que as mulheres, de 57 e 83 anos, foram levadas para a delegacia do município.
Segundo a vítima, de 31 anos, as mulheres a ofenderam porque ela não pôde fazer uma troca de uma nota inteira de R$ 100. “Nisso rolaram ofensas e ela me chamou de preta safada e preta suja. Me senti muito ofendida com isso”, contou ao g1.
Uma agente da Guarda Civil de Araruama, que participou da ação, informou ao g1 que a guarnição recebeu a denúncia e prontamente chegaram ao local.
“Ao chegar no local, nós nos deparamos com a vítima e as acusadas ainda dentro da farmácia. Nós separamos a vítima das acusadas e as acusadas admitiram o fato e foram conduzidas a 118º DP. Outra viatura levou a vítima em separado e, chegando lá, nós logramos êxito em fazer a ocorrência de racismo. Elas foram presas em flagrante devido o ato ter sido consumado no mesmo momento em que nós chegamos”, disse.
A agente afirmou ainda que esse é o tipo de coisa que não deveria ser vista nos dias de hoje. “Para uma mulher atender outra mulher numa situação dessas, pra mim acaba sendo até um motivo de orgulho. Porque eu vou fazer o que puder sempre pra ajudar as mulheres em situação de violência, racismo ou qualquer outro tipo de preconceito”, concluiu a agente.
O registro de ocorrência, por injúria e injúria por preconceito, foi realizado na delegacia de Araruama por volta de 11h da manhã. As mulheres permaneceram na delegacia de Araruama.

botão de play

No Ar

SHOW DA TARDE
Produção Eduardo Dj