Notícias

Pop & Arte

Zeca Pagodinho volta a saudar Ogum com versos de Jorge Ben Jor em gravação ao vivo com o rapper Djonga

♪ Quando Zeca Pagodinho apresentou o samba Ogum (Claudemir e Marquinho PQD) no álbum Uma prova de amor (2008), o artista carioca convidou o conterrâneo Jorge Ben Jor para participar da gravação. Devoto de São Jorge, santo que corresponde ao orixá guerreiro no sincretismo religioso carioca, Ben Jor recitou na gravação de Zeca os versos da música Jorge da Capadócia, composta e gravada por Ben para o álbum Solta o pavão (1975).
Decorridos 16 anos do lançamento do registro original de Ogum, Zeca Pagodinho rebobina o samba no álbum ao vivo com que celebra 40 anos de carreira. Desta vez, quem está com Zeca na saudação a Ogum é o rapper mineiro Djonga.
Representando Ben Jor, artista referencial para a nação brasileira de hip hop, Djonga recita os versos de Jorge da Capadócia na gravação que abre os trabalhos promocionais do álbum Zeca Pagodinho 40 anos ao vivo em single que baixa nas plataformas de áudio em 23 de abril, Dia de São Jorge no calendário carioca.
O registro audiovisual do show dos 40 anos de carreira de Zeca Pagodinho foi feito em 4 de fevereiro, dia do 65º aniversário do artista, em espetáculo estelar apresentado no estádio Nilton Santos, o Engenhão, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro (RJ).
A produção musical do álbum ao vivo é assinada por Paulão Sete Cordas e Pretinho da Serrinha.
Capa do single ‘Ogum’, de Zeca Pagodinho com Djonga
Juliana Coutinho

botão de play

No Ar

MELODY
Produção Eduardo Dj