Notícias

Pop & Arte

‘O Sexo dos Anjos’ estreia no Globoplay; relembre novela com Felipe Camargo e Isabela Garcia

Novela exibida originalmente em 1989 entra em catálogo da plataforma nesta segunda-feira (1). Isabela Garcia e Felipe Camargo em “O Sexo dos Anjos”, novela de 1989
Bazilio Calazans/Globo
A novela “O Sexo dos Anjos” entra no catálogo do Globoplay nesta segunda-feira (1). Originalmente exibida em 1989, a novela tem direção de Roberto Talma, Fabio Sabag e Flávio Colatrello, e foi escrita por Ivani Ribeiro.
“O Sexo dos Anjos” é um remake da novela “O Terceiro Pecado”, que foi ar em 1968 pela Excelsior e teve Regina Duarte e Gianfrancesco Guarnieri nos papéis principais.
Já na nova versão, os protagonistas foram Felipe Camargo (Anjo Emissário/Adriano) e Isabela Garcia (Isabela).
MEMÓRIA GLOBO: Leia mais sobre “O Sexo dos Anjos”
Na trama, um Anjo Emissário recebe uma missão do Anjo da Morte (Bia Siedl): vir à Terra e buscar a jovem Isabela. Íntegra e bem-humorada, ela conquista a simpatia do Anjo, que acaba relutando em levá-la.
Ao conhecer mais sobre a vida da moça, O Anjo Emissário propõe ao Anjo da Morte que Ruth (Silvia Buarque), irmã de Isabela, morra em seu lugar. Cruel e ciumenta, Ruth rejeita seu irmão surdo-mudo Tomás (Marcos Frota), mas a proposta é descartada.
O Anjo da Morte então diz ao emissário que dará mais uma chance a Isabela, mas ela só poderá cometer mais dois pecados e morrerá caso cometa o terceiro.
Transformado em humano, o Anjo Emissário, que agora se chama Adriano, passa a agir para salvar a vida de Isabela.
Felipe Camargo, Isabela Garcia e Otavio Müller durante gravação de “O Sexo dos Anjos”, novela de 1989.
Bazilio Calazans/Globo
Curiosidades sobe figurino
Sônia Soares, figurinista da novela conta, em entrevista ao Memória Globo, que no início da novela, o Anjo Emissário/Adriano vestia ternos bem claros. E com o passar do tempo e a adaptação dele à Terra, os ternos foram escurecendo.
A mudança no figurino foi utilizada para humanizar o personagem, mas a iniciativa não foi bem-vista pelo público no início, que se incomodou por ele vestir apenas um tipo de roupa.
Mesmo assim, o diretor Roberto Talma optou por manter o estilo do personagem.
Felipe Camargo em “O Sexo dos Anjos”
Bazilio Calazans/Globo
Bia Seidl e Felipe Camargo em “O Sexo dos Anjos”, 1989
Bazilio Calazans/Globo

botão de play

No Ar

THE MUSIC OF TIME
Produção Diego Ferrari