Notícias

Pop & Arte

Duh Marinho conta a história do ‘MLK Sinistro’ em álbum pop ‘black’ que tem faixas com Ivete Sangalo e Preta Gil

♪ Nascido há 36 anos em Mesquita, município da Baixada Fluminense (RJ), Duh Marinho é cria da black music nacional. Artista que bebe na fonte do soul e do funk brasileiros amplificados por nomes como Tim Maia (1942 – 1998) e Sandra de Sá, Marinho também segue a cadência do samba e dança no baile suingue sangue bom de Fernanda Abreu.
Todas essas referências musicais estão amalgamadas nas 12 faixas do primeiro álbum do artista fluminense, A histtória do MLK Sinistro!, disco em rotação desde ontem, 15 de março, nos players de áudio.
MLK Sinistro é a abreviação de Muleke Sinistro, super-herói criado por Marinho para personificar o alter-ego do artista na narrativa de disco que se pretende alegre e alto astral.
O álbum abre com Intro que traz Preta Gil, artista que pôs Duh Marinho na pista ao dar a ele o posto de MC oficial do Bloco da Preta. Ivete Sangalo é a convidada de O verão tá aí. Já Para de graça e me beija tem o beat do DJ e produtor musical Ruxell.
Formatado com produção musical de Kafé, o álbum A história do MLK Sinistro alinha músicas como A gata tá pro corre, Não me cancela não, Lá no posto 09 e Tudo de bom.
Capa do álbum ‘A história do MLK Sinistro!’, de Duh Marinho
Divulgação

botão de play

No Ar

SHOW DA TARDE
Produção Eduardo Dj