Notícias

Pop & Arte

‘Desejos de Mulher’ no Globoplay: novela marcou reencontro entre Regina Duarte e Gloria Pires após 14 anos

Atrizes haviam trabalhado juntas em ‘Vale Tudo’ e retomaram a parceria em 2002, quando foi ao ar a novela de Euclydes Marinho. Gloria Pires e Regina Duarte em “Desejos de Mulher” (2002)
João Miguel Júnior/Globo
Nesta semana, mais um clássico das novelas entrou para o catálogo do Globoplay. Exibida originalmente em 2002, “Desejos de Mulher” está disponível na plataforma.
Escrita por Euclydes Marinho, a novela tem 185 capítulos e conta com a direção de Dennis Carvalho.
“Desejos de Mulher” marcou o reencontro entre Regina Duarte e Gloria Pires nas novelas, 14 anos após o duo bem-sucedido em “Vale Tudo”, quando as duas interpretaram mãe e filha.
Mas em “Desejo de mulher”, a conexão entre as duas personagens é outra.
Andréa Vargas (Regina Duarte) e Júlia Moreno (Gloria Pires) são irmãs com visões de mundo bem diferentes. Enquanto a primeira é uma estilista renomada e vive sob os holofotes, a outra abdicou da carreira de jornalista para cuidar do marido e filhos. As duas desaprovam o modo de viver uma da outra: Andréa vê a irmã como vulgar e brega, e Júlia a considera prepotente e mau-caráter.
Gloria Pires e Regina Duarte em “Desejos de Mulher” (2002)
João Miguel Júnior/Globo
Mas logo em uma das cenas do primeiro capítulo, uma verdade vem à tona e muda o rumo da história: durante uma discussão entre as irmãs, Júlia revela que Andréa é adotada.
A personagem de Regina Duarte sofrerá um golpe, orquestrado pelo marido Bruno (José de Abreu) e a amante Selma (Alessandra Negrini), funcionária de sua empresa e que, mais tarde, descobre ser sua irmã biológica.
A trama ainda traz a história de Júlia decidindo retornar ao mercado de trabalho quando Renato (Cássio Gabus Mendes), seu marido, é preso com dólares falsos.
Ela acredita na honestidade de Renato e luta para tirá-lo da prisão. No dia a dia como jornalista, conhece Chico (Eduardo Moscóvis), com quem passa a viver um triângulo amoroso.
Sobre Euclydes Marinho
Gloria Pires e Eduardo Moscovis em “Desejos de Mulher” (2002)
Gianne Carvalho/Globo
“Desejos de Mulher” foi a terceira novela de Euclydes Marinho como titular. Nela, ele trouxe seu terceiro casal fictício “Júlia e Chico”, formado por Gloria Pires e Eduardo Moscóvis.
Antes, os primeiros “Julias e Chicos” foram Denise Dumont e Daniel Dantas, em “Quem Ama Não Mata”, minissérie de 1982; e Débora Bloch e Marcos Palmeira, em “Andando Nas Nuvens” (1999).
Além desses projetos, o autor já havia escrito “Mico Preto” (1990), em parceria como Marcílio Moraes e Leonor Bassères. Ele também assina séries como “Felizes Para Sempre” (2015), “As Cariocas” (2010), entre outros trabalhos de sucesso.

botão de play

No Ar

SHOW DA TARDE
Produção Eduardo Dj