Notícias

Pop & Arte

Christopher Nolan ganha prêmio do Sindicato dos Diretores de Hollywood com ‘Oppenheimer’

Prêmio é o principal ‘termômetro’ da categoria do Oscar. Celine Song, de ‘Vidas passadas’, venceu como estreante em longa-metragem. Christopher Nolan mostra o prêmio pela indicação do Sindicato dos Diretores de Hollywood com ‘Oppenheimer’ ao lado de Cillian Murphy
Chris Pizzello/AP
Christopher Nolan, de “Oppenheimer”, ganhou o prêmio de melhor direção de 2023 do Sindicato dos Diretores de Hollywood (DGA, na sigla em inglês) neste domingo (11, no horário de Brasília. Em Los Angeles, ainda era sábado).
Com isso, ele se torna o grande favorito ao Oscar 2024, já que o evento é considerado o principal termômetro da categoria da premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.
A entidade de classe “previu” 18 dos últimos 20 ganhadores de melhor direção do Oscar.
Entre os diretores estreantes em longa-metragem, a vencedora foi Celine Song, de “Vidas passadas”.
Veja os indicadores e os ganhadores nas categorias de cinema do DGA:
Melhor direção em longa-metragem
Greta Gerwig – ‘Barbie’
Yorgos Lanthimos – ‘Pobres criaturas’
Christopher Nolan – ‘Oppenheimer’ (VENCEDOR)
Alexander Payne – ‘Os rejeitados’
Martin Scorsese – ‘Assassinos da lua das flores’
Melhor direção estreante em longa-metragem
Cord Jefferson – ‘American fiction’
Manuela Martelli – ‘1976’
Noora Niasari – ‘Shayda’
A. V. Rockwell – ‘Mil e um’
Celine Song – ‘Vidas passadas’ (VENCEDORA)
Melhor direção em documentário
Moses Bwayo e Christopher Sharp – ‘Bobi Wine: The people’s president’
Mstyslav Chernov – ’20 dias em Mariupol’ (VENCEDOR)
Madeleine Gavin – ‘Além da Utopia’
Davis Guggenheim – ‘Still: Ainda sou Michael J. Fox’
D. Smith – ‘Kokomo City: A noite trans de Nova York’

botão de play

No Ar

NIGHT SONGS
Produção Eduardo Dj