Notícias

Pop & Arte

Céline Dion diz que cantar com síndrome da pessoa rígida parece que ‘alguém está estrangulando você’

Cantora revelou diagnóstico de doença neurológica rara em 2022. Durante entrevista, ela contou que os espasmos que teve são tão intensos que quebraram suas costelas. Céline Dion revela diagnóstico de doença neurológica rara
Céline Dion disse em uma entrevista à rede NBC News sobre as dificuldades que enfrenta enquanto luta contra a síndrome de pessoa rígida. Ela revelou o diagnóstico da rara doença neurológica em 2022.
Ela contou como a doença afetou sua voz. “É como se alguém estivesse estrangulando você. É como se alguém estivesse empurrando sua laringe/faringe”, disse ela durante uma prévia da entrevista à Hoda Kotb. “Era como falar assim, e não pode aumentar ou reduzir [a voz]. Entra em espasmo.”
A entrevista completa vai ao ar no dia 11 de junho.
De acordo com ela, os espasmos causados pela síndrome podem ficar tão intensos que causam danos físicos doloroso.
“Começou [na garganta]. [E eu pensei], ‘Não, ok, vai ficar tudo bem’. Mas também pode ser abdominal, pode ser na coluna, pode ser nas costelas.”
Céline Dion durante aparição surpresa no ‘Grammy 2024’, em 4 de fevereiro de 2024
REUTERS/Mike Blake
“Parece que, se eu apontar meus pés, eles permanecerão [nessa posição]”, disse Céline. “Ou, se eu cozinhar – porque adoro cozinhar – meus dedos, minhas mãos, ficarão em posição. … É cólica, mas é como se você estivesse em uma posição em que você não consegue desbloqueá-los.”
“Eu quebrei costelas em um ponto porque às vezes, quando é muito grave, pode quebrar”, disse ela.
A síndrome neurológica a qual Céline foi diagnosticada causa rigidez nos músculos e espasmos dolorosos. Devido à doença, a artista cancelou oito shows de 2023 e adiou uma parte deles para 2024.
Síndrome da pessoa rígida: entenda distúrbio neurológico que afeta a cantora Céline Dion
Desde que o diagnóstico foi revelado, a cantora fez poucas aparições públicas. Recentemente, ela anunciou a produção de um documentário sobre a vida dela, chamado “I Am: Céline Dion”, que deve estrear ainda este mês.
“Estes últimos anos têm sido um grande desafio para mim, a jornada desde a descoberta da minha condição até aprender como conviver e lidar com ela, mas não deixar que isso me defina”, disse em comunicado.

botão de play

No Ar

SHOW DA TARDE
Produção Eduardo Dj